Parlamento dos Jovens 2021/2022

O programa Parlamento dos Jovens é uma iniciativa da Assembleia da República, dirigida aos jovens dos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e do ensino secundário.

Objetivos do programa:
-Educar para a cidadania estimulando o gosto pela participação cívica e política;
-Dar a conhecer a Assembleia da República e as regras do debate parlamentar;
-Promover o debate no respeito pela diversidade de opiniões;
-Incentivar a reflexão e o debate sobre um tema, definido anualmente;
-Estimular as capacidades de argumentação das ideias, com respeito pelos valores da tolerância e da maioria;

Tema do Ensino Básico:

Coordenador do Projeto:
Educador Social – Dário Gomes

Professores Responsáveis:
Prof.ª Ana Cruz
Prof.ª Celeste Morgado
Prof.ª Marina Mendonça 

Sítio do Projeto: http://www.jovens.parlamento.pt/

Sessão Distrital do Parlamento dos Jovens

No dia 26 de fevereiro, os alunos Gabriel Amaral, Eva Gonçalves (9.ºA) e Afonso Correia (9.º B) participaram na Sessão Distrital do Parlamento dos Jovens.

A Sessão decorreu no auditório municipal Carlos Paredes em Vila Nova de Paiva e envolveu a participação de vinte e sete escolas do distrito.

Os discursos de abertura contaram com a presença do Senhor Presidente do Município, Paulo Marques e da Diretora Regional dos Estabelecimentos Escolares do Centro, Cristina Oliveira.

Ao longo do dia, os participantes estiveram envolvidos numa dinâmica de participação, cidadania e democracia, o que tão bem representa o tema deste ano: “Viver abril na educação, caminhos para uma escola plural e participativa”.

Parabéns, aos representantes do AESCT, pela dedicação e pelo empenho neste projeto.

O educador social, Dário Gomes

Eleições do Parlamento dos Jovens

No dia 23 de janeiro realizaram-se as eleições para o Parlamento dos Jovens, o que envolveu os alunos do 9.º A e B. Dos 149 eleitores inscritos no 2.º e 3.º ciclo, participaram 135 eleitores. Em termos de resultados, a lista A obteve 110 votos, a lista B obteve 21 votos e 4 votos consideraram-se nulos.

A sessão escolar realizou-se no dia 25 de janeiro, no auditório do Agrupamento de Escolas de Santa Cruz da Trapa, e teve como objetivo eleger os deputados representantes na Sessão Distrital, que se realizará no dia 26 de fevereiro em Vila Nova de Paiva.

Por unanimidade foram eleitos os seguintes deputados efetivos:
(1)    Gabriel Gomes Amaral (9.º A)
(2)    Eva Sofia Gonçalves (9.º A)

Suplente
(1)    Afonso Batista Correia (9.º B)

Mesa da Assembleia Distrital
(1)    Tomás Gomes Correia (9.º A)

Projeto de Recomendação apresentado:
As medidas propostas e votadas, por unanimidade, resultam de uma análise ao sistema de educação português, que pese embora tenha sofrido grandes avanços após o 25 de abril de 1974, ainda persistem lacunas graves, no que alude à educação de qualidade para todos, tal como se preconiza nos ODS 2030. Daí acreditar-se que a escola tem de se atualizar e acompanhar os progressos da sociedade, quer do ponto de vista tecnológico/digital, quer das metodologias de ensino aprendizagem. A escola do século XXI necessita de acreditar e potenciar, não só as aprendizagens curriculares/académicas, mas, também, o desenvolvimento integral de cada aluno, contemplando as especificidades e necessidades de cada estudante. As competências sociais associadas à criatividade, pensamento critico, trabalho em equipa, comunicação e diálogo igualitário devem fazer parte das dinâmicas de sala de aula e das metodologias da própria escola

Sessão Distrital do Parlamento dos Jovens

No dia 6 de março, o AESCT marcou presença na Sessão Distrital do Parlamento de Jovens que se realizou em Carregal do Sal. 

As medidas foram apresentadas pelos deputados Diogo Bastos (9.º B), Lara Almeida (9.º A) e a suplente Marta Fernandes (9.º A). 

Na sessão estiveram representadas 27 escolas do distrito, tendo passado para a fase nacional apenas 4 escolas. Embora o AESCT não tenha sido uma das escolas selecionadas, os alunos consideraram a experiência bastante positiva. 

Em discussão esteve o tema “Saúde Mental nos Jovens. Que desafios? Que respostas?”.

Para o aluno Diogo Bastos deputado eleito pelo segundo ano consecutivo “a participação neste projeto é uma oportunidade única de experienciar o direito à democracia”. 

O Educador Social. 

Parlamento dos Jovens

No âmbito da participação do AESCT no Projeto Parlamento dos Jovens, durante o mês de janeiro e fevereiro, a professora de cidadania e desenvolvimento em colaboração com o educador social realizaram algumas ações com os alunos do 9.º ano sobre a temática da Saúde Mental nos Jovens. 

No dia 26 de janeiro realizou-se a eleição das listas que estavam a concorrer, tendo-se obtido os seguintes resultados: Lista A com 111 votos, Lista B com 20 votos e 5 votos nulos. Os secretários da mesa de voto foram os alunos: Tomás Almeida e Simão Pinto (9.º A) e Daniel Almeida (9.ºB). 

No dia 30 de janeiro realizou-se a sessão escolar, onde se votaram as medidas a apresentar na sessão distrital, tendo sido eleitos os deputados Lara Almeida (9.º A) e Diogo Bastos (9.ºB) e a suplente Marta Fernandes (9.ºA), que irão representar o agrupamento, no dia 7 de março, em Carregal do Sal.  

Parlamento dos Jovens

No dia 15 de fevereiro, o aluno Duarte Gomes, do 9.º B, participou na eleição dos elementos da mesa para a sessão distrital do Programa Parlamento dos Jovens, que decorreu no IPDJ de Viseu. 

O projeto visa a capacitação dos jovens nas áreas da cidadania e da participação ativa, envolvendo-os em dinâmicas relacionadas com a democracia. 

Projeto Parlamento dos Jovens

No dia 9 de janeiro as turmas do 9.º ano da EBI de Santa Cruz da Trapa receberam a visita do deputado da Assembleia da República, João Paulo Rebelo (antigo secretário de estado da juventude e do desporto) que veio à escola para apresentar algumas curiosidades sobre o parlamento, reforçando a importância da democracia em Portugal e no mundo. 

Neste encontro, os jovens tiveram, ainda, a oportunidade de colocarem algumas questões pertinentes sobre o tema deste ano para o projeto Parlamento dos Jovens que está relacionado com a “Saúde Mental nos Jovens: Que desafios? Que respostas?”.  

No presente ano letivo, teremos duas listas a concorrer para representarem a nossa escola na sessão distrital, que terá lugar em Viseu.

Na última semana, nas aulas de cidadania e desenvolvimento, os jovens envolvidos estiveram a preparar a campanha eleitoral e a discutir as propostas que irão apresentar na sessão escolar que acontecerá no dia 26 de janeiro.

Ação de sensibilização: Saúde Mental nos Jovens

No dia 24 de novembro, o Educador Social, Dário Gomes dinamizou uma ação de sensibilização dirigida aos alunos dos 9.º A e B sobre a importância da saúde mental nos jovens, tendo como objetivos:

  • debater as causas dos problemas de saúde mental na juventude;
  • apresentar alguns números alarmantes sobre o tema, a nível nacional e europeu;
  • promover o debate ativo dos alunos(as) na promoção de medidas ativas de prevenção de situações relacionadas com problemas de saúde mental.  

Esta ação está integrada no âmbito do projeto “Parlamento dos Jovens”, que este ano é sobre esta temática. 

Sessão Distrital do Parlamento dos Jovens

O Agrupamento de Escolas de Santa Cruz da Trapa esteve representado, no dia 14 de março, na Sessão Distrital do Parlamento dos Jovens que teve lugar na Casa da Cultura, em Castro Daire.

Este projeto, cujo tema para o presente ano letivo é “Fake News – Que estratégias para combater a desinformação?”, pretende, entre outros objetivos, criar nos jovens o gosto pela cidadania e pela participação ativa.

Esta sessão, da qual resultou a eleição dos deputados que irão representar a região centro, na sessão nacional, que terá lugar nos dias 9 e 10 de maio, em Lisboa, na Assembleia da República, contou com a presença de várias escolas.

O AESCT fez-se representar pelos deputados efetivos Diogo Bastos (8.º B) e Lara Almeida (8.º A), e a deputada suplente Marta Fernandes (8.º A). Os nossos alunos representantes tiveram uma ótima prestação na apresentação e defesa do Projeto de Recomendação da nossa escola.

Parabéns aos “nossos deputados” e a todos os professores e alunos que participaram neste projeto de forma exemplar.

O projeto foi orientado e acompanhado pelas docentes Ana Cruz (Prof.ª de Geografia), Celeste Morgado (Prof.ª de História), Ana Cabral (Subdiretora do Agrupamento), pelo docente, Mário Nogueira (Coordenador do PAA) e pelo técnico especializado, Dário Gomes (Educador Social, contratado ao abrigo do PNPSE).

Eleição da mesa da sessão distrital.

Aluno do AESCT participou na eleição da mesa da sessão distrital do Parlamento Jovens

No dia 23 de fevereiro de 2022, decorreu nas instalações do IPDJ de Viseu, a eleição da mesa da sessão distrital do Parlamento dos Jovens, ensino básico (círculo de Viseu).

A reunião teve como objetivo assegurar a eleição dos membros da mesa da sessão distrital, através de um processo em que os candidatos tiveram de demonstrar as suas capacidades de liderança e o conhecimento das regras de condução dos trabalhos da sessão distrital. 

A nossa escola esteve representada pelo aluno, Duarte Gomes, do 8.º B, pelo que agradecemos a forma como demonstrou o seu empenho e compromisso com o este projeto.

Democracia na Escola

No dia 25 de janeiro, os alunos da escola exerceram o seu direito de voto, tendo a possibilidade de escolherem a lista com que mais se identificavam. Resultando a eleição de 8 deputados da turma do 8.º B e 7 deputados da turma do 8.º A.

A mesa foi presidida pela Prof.ª Lurdes Silva e os secretários, os alunos, Rafael Rocha e Rafael Pinto.

De um universo de 146 eleitores inscritos, tivemos 116 votantes, tendo a Lista A obtido 49 votos e a Lista B obtido 63 votos, 4 votos foram considerados nulos.

Após a eleição, a sessão escolar do Parlamento dos Jovens ocorreu no dia 27 de janeiro, com a presença dos 15 deputados eleitos e os restantes alunos das turmas envolvidas.

A sessão escolar foi presidida pela docente, Ana Cruz e acompanhada pelo Educador Social, Dário Gomes, fazendo parte da mesa eleitoral, a aluna, Joana Cardoso.

Da sessão escolar, foram eleitos os deputados, Diogo Oliveira Bastos (8.ºB) e a deputada Lara Filipa Almeida (8.ºA), tendo a deputada Marta Domingues Fernandes ficado como suplente.

As medidas propostas para apresentação na sessão distrital são:
1 – Campanhas de sensibilização/informação sobre as notícias falsas para toda a comunidade educativa
2 – Leis com punição para atos de criação de falsas notícias
3 – Criação de uma “Oficina de Comunicação” nas escolas

Com o presente projeto, pretende-se trabalhar a importância do exercício da cidadania junto dos alunos.