Dia Escolar da Não Violência e Cultura da Paz

No âmbito das atividades do clube ubuntu, durante o mês de janeiro, os alunos preparam a ação de sensibilização para a comemoração do dia Escolar da Não Violência e Cultura da Paz que se assinala, anualmente, no dia 30 de janeiro e tem como objetivo alertar para a necessidade de uma educação permanente pela Paz e pela Não Violência, procurando-se igualmente sensibilizar para a tolerância, solidariedade, justiça e respeito pelos direitos humanos junto dos estabelecimentos escolares.

Paralelamente, a este trabalho, os alunos do clube estiveram a preparar uma ação de sensibilização para alertar os colegas para a importância de terem comportamentos cívicos na sala de convívio, apelando a uma maior consciência de manutenção e limpeza do espaço. Estando, ainda, a fazer um levantamento das eventuais atividades e materiais que os alunos pretendem para o seu espaço de convívio.  Deste modo, o clube ubuntu pretende renovar o espaço e criar uma dinâmica de participação e coresponsabilidade num espaço que é de todos. 

Projeto Parlamento dos Jovens

No dia 9 de janeiro as turmas do 9.º ano da EBI de Santa Cruz da Trapa receberam a visita do deputado da Assembleia da República, João Paulo Rebelo (antigo secretário de estado da juventude e do desporto) que veio à escola para apresentar algumas curiosidades sobre o parlamento, reforçando a importância da democracia em Portugal e no mundo. 

Neste encontro, os jovens tiveram, ainda, a oportunidade de colocarem algumas questões pertinentes sobre o tema deste ano para o projeto Parlamento dos Jovens que está relacionado com a “Saúde Mental nos Jovens: Que desafios? Que respostas?”.  

No presente ano letivo, teremos duas listas a concorrer para representarem a nossa escola na sessão distrital, que terá lugar em Viseu.

Na última semana, nas aulas de cidadania e desenvolvimento, os jovens envolvidos estiveram a preparar a campanha eleitoral e a discutir as propostas que irão apresentar na sessão escolar que acontecerá no dia 26 de janeiro.

Natal

Para comemorar o Natal, os alunos do 2.º ciclo, nas disciplinas de Educação Visual, Educação Tecnológica e Complemento de Educação Artística: Arte em Movimento, realizaram postais, elementos decorativos alusivos ao Natal e decoração da árvore dos desejos de Natal, com recurso a materiais reutilizáveis e materiais amigos do ambiente.

No âmbito do projeto Green Cork, os alunos construíram na disciplina de Educação Tecnológica, elementos decorativos utilizando rolhas de cortiça, para participarem no Desafio III – Enfeites de Natal com cortiça e vidro.

Em articulação com a disciplina de Cidadania e Desenvolvimento, construíram uma árvore de Natal bidimensional, com recurso a embalagens Tetra Pack.

Foram vivenciados momentos de grande entusiasmo e partilha de ideias e saberes.

Ação de sensibilização – Os Perigos da Internet

No dia 15 de dezembro de 2022, a GNR de Viseu dinamizou a ação de sensibilização “Os Perigos da Internet” dirigida aos alunos do 8.º ano, com o objetivo de os sensibilizar para as questões relacionadas com os efeitos do uso incorreto das redes sociais e da internet. 

No final da sessão, os alunos tiveram a oportunidade de colocar as suas questões. 

A atividade integra-se nas ações dirigidas a alunos, ao abrigo do Programa Nacional de Promoção do Sucesso Escolar, sob a responsabilidade do educador social, Dário Gomes. 

Clube Ubuntu comemora semana dos Direitos Humanos

De 5 a 9 de dezembro, o clube Ubuntu do AESCT dinamizou diversas iniciativas dentro e fora da escola para assinalar a semana dos Direitos Humanos. 

Segundo as Nações Unidas, os direitos humanos são: “direitos inerentes a todos os seres humanos, independentemente da sua raça, sexo, nacionalidade, etnia, idioma, religião ou qualquer outra condição. Os direitos humanos incluem o direito à vida e à liberdade, liberdade de opinião e expressão, o direito ao trabalho e à educação, entre outros. Todos têm direito a estes direitos, sem qualquer tipo de discriminação.”

Face às constantes violações e atentados contra os direitos consagrados na Declaração Universal dos Direitos Humanos, os alunos do clube Ubuntu decidiram dar o seu contributo na sensibilização e reflexão sobre este tema, organizando uma semana de atividades que contou com a realização de uma exposição intitulada de “Livres e Iguais”, a visualização de um filme “O rapaz do pijama às riscas” e um world café – Os Direitos Humanos dinamizado na Escola Profissional de Carvalhais.

Workshop para Pais e Filhos – Aromaterapia

No dia 7 de dezembro, o AESCT em parceria com o CLDS 4G de São Pedro do Sul promoveu um workshop para pais e filhos sobre aromaterapia. 

Durante a ação foram apresentadas as vantagens da utilização dos óleos essenciais nas crianças e nos adultos, principalmente, em questões relacionadas com as emoções.

Pequenos e graúdos tiveram a oportunidade de criar o seu próprio óleo sob a supervisão da dinamizadora Sónia Freitas.

Esteve, ainda, presente Diogo Capela, um jovem de Santa Cruz da Trapa que iniciou recentemente um caminho na produção de óleos, tendo dado o seu contributo aos presentes. 

No final da sessão, realizou-se um pequeno lanche partilhado que permitiu dar um toque especial à atividade realizada. 

Em termos de avaliação, foi passado um questionário de satisfação aos pais/ encarregados de educação que atribuíram, maioritariamente, a menção de Muito Bom. 

O Educador Social, Dário Gomes agradece a presença de todos os pais/ encarregados de educação, bem como à Sónia Freitas e ao CLDS 4G de São Pedro do Sul. 

A atividade foi dinamizada no âmbito do PNPSE (Programa Nacional de Promoção do Sucesso Escolar).  

Ação de sensibilização: Saúde Mental nos Jovens

No dia 24 de novembro, o Educador Social, Dário Gomes dinamizou uma ação de sensibilização dirigida aos alunos dos 9.º A e B sobre a importância da saúde mental nos jovens, tendo como objetivos:

  • debater as causas dos problemas de saúde mental na juventude;
  • apresentar alguns números alarmantes sobre o tema, a nível nacional e europeu;
  • promover o debate ativo dos alunos(as) na promoção de medidas ativas de prevenção de situações relacionadas com problemas de saúde mental.  

Esta ação está integrada no âmbito do projeto “Parlamento dos Jovens”, que este ano é sobre esta temática. 

Ação de formação na área digital para famílias do AESCT

Mais uma vez, o AESCT associa-se ao Programa Academia Digital para Pais. Este programa é uma iniciativa da E-REDES em parceria com a Direção-Geral da Educação e dá a possibilidade aos pais e aos encarregados de educação, de crianças do Ensino Básico, de frequentarem ações de formação promotoras de competências digitais.

Esta iniciativa tem o apoio do Centro de Competência TIC da Universidade de Aveiro e do Centro de Sensibilização SeguraNet na produção dos conteúdos da formação e na formação dos voluntários.

Como funciona?
As ações de formação têm a duração de 8 horas em horário pós-laboral e irão decorrer nas instalações do AESCT, podendo participar até duas pessoas por agregado familiar.

Modelo da formação
A terceira edição do Programa Academia Digital para Pais, integra a seguinte oferta formativa: 
Curso – Consumidor Digital (8 horas) – a realizar-se em janeiro de 2023. 

Caso queira obter mais informação poderá fazer contacto através do email: dariogomes@aesct.pt

Mais informações: https://www.dge.mec.pt/academia-digital-para-pais-3a-edicao

Deco Jovem dinamiza Workshop sobre Poupança

Para assinalar o Dia Mundial da Poupança, que se comemora, anualmente no dia 31 de outubro, o educador social e a professora de Cidadania e Desenvolvimento organizaram um workshop “o ABC da Poupança” dinamizado em parceria com a Deco Jovem, que teve como objetivos: incutir hábitos de poupança e sensibilizar os alunos para a importância de gastos conscientes.

A ação foi dinamizada em formato online e dirigida aos alunos do 8.º A. 

Face às necessidades que se assistem diariamente, entende-se que a escola tem um papel fulcral na promoção da literacia financeira dos jovens. Por esse motivo o AESCT continuará a desenvolver ações que permitam os alunos e também os pais/encarregados de educação terem uma maior consciência sobre questões relacionadas com a poupança, de forma a prevenir situações de risco económico.