Parlamento dos Jovens 2021/2022

O programa Parlamento dos Jovens é uma iniciativa da Assembleia da República, dirigida aos jovens dos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e do ensino secundário.

Objetivos do programa:
-Educar para a cidadania estimulando o gosto pela participação cívica e política;
-Dar a conhecer a Assembleia da República e as regras do debate parlamentar;
-Promover o debate no respeito pela diversidade de opiniões;
-Incentivar a reflexão e o debate sobre um tema, definido anualmente;
-Estimular as capacidades de argumentação das ideias, com respeito pelos valores da tolerância e da maioria;

Tema do Ensino Básico:

Coordenador do Projeto:
Educador Social – Dário Gomes

Professores Responsáveis:
Prof.ª Ana Cruz
Prof.ª Celeste Morgado
Prof.ª Marina Mendonça 

Sítio do Projeto: http://www.jovens.parlamento.pt/

Sessão Distrital do Parlamento dos Jovens

O Agrupamento de Escolas de Santa Cruz da Trapa esteve representado, no dia 14 de março, na Sessão Distrital do Parlamento dos Jovens que teve lugar na Casa da Cultura, em Castro Daire.

Este projeto, cujo tema para o presente ano letivo é “Fake News – Que estratégias para combater a desinformação?”, pretende, entre outros objetivos, criar nos jovens o gosto pela cidadania e pela participação ativa.

Esta sessão, da qual resultou a eleição dos deputados que irão representar a região centro, na sessão nacional, que terá lugar nos dias 9 e 10 de maio, em Lisboa, na Assembleia da República, contou com a presença de várias escolas.

O AESCT fez-se representar pelos deputados efetivos Diogo Bastos (8.º B) e Lara Almeida (8.º A), e a deputada suplente Marta Fernandes (8.º A). Os nossos alunos representantes tiveram uma ótima prestação na apresentação e defesa do Projeto de Recomendação da nossa escola.

Parabéns aos “nossos deputados” e a todos os professores e alunos que participaram neste projeto de forma exemplar.

O projeto foi orientado e acompanhado pelas docentes Ana Cruz (Prof.ª de Geografia), Celeste Morgado (Prof.ª de História), Ana Cabral (Subdiretora do Agrupamento), pelo docente, Mário Nogueira (Coordenador do PAA) e pelo técnico especializado, Dário Gomes (Educador Social, contratado ao abrigo do PNPSE).

Eleição da mesa da sessão distrital.

Aluno do AESCT participou na eleição da mesa da sessão distrital do Parlamento Jovens

No dia 23 de fevereiro de 2022, decorreu nas instalações do IPDJ de Viseu, a eleição da mesa da sessão distrital do Parlamento dos Jovens, ensino básico (círculo de Viseu).

A reunião teve como objetivo assegurar a eleição dos membros da mesa da sessão distrital, através de um processo em que os candidatos tiveram de demonstrar as suas capacidades de liderança e o conhecimento das regras de condução dos trabalhos da sessão distrital. 

A nossa escola esteve representada pelo aluno, Duarte Gomes, do 8.º B, pelo que agradecemos a forma como demonstrou o seu empenho e compromisso com o este projeto.

Democracia na Escola

No dia 25 de janeiro, os alunos da escola exerceram o seu direito de voto, tendo a possibilidade de escolherem a lista com que mais se identificavam. Resultando a eleição de 8 deputados da turma do 8.º B e 7 deputados da turma do 8.º A.

A mesa foi presidida pela Prof.ª Lurdes Silva e os secretários, os alunos, Rafael Rocha e Rafael Pinto.

De um universo de 146 eleitores inscritos, tivemos 116 votantes, tendo a Lista A obtido 49 votos e a Lista B obtido 63 votos, 4 votos foram considerados nulos.

Após a eleição, a sessão escolar do Parlamento dos Jovens ocorreu no dia 27 de janeiro, com a presença dos 15 deputados eleitos e os restantes alunos das turmas envolvidas.

A sessão escolar foi presidida pela docente, Ana Cruz e acompanhada pelo Educador Social, Dário Gomes, fazendo parte da mesa eleitoral, a aluna, Joana Cardoso.

Da sessão escolar, foram eleitos os deputados, Diogo Oliveira Bastos (8.ºB) e a deputada Lara Filipa Almeida (8.ºA), tendo a deputada Marta Domingues Fernandes ficado como suplente.

As medidas propostas para apresentação na sessão distrital são:
1 – Campanhas de sensibilização/informação sobre as notícias falsas para toda a comunidade educativa
2 – Leis com punição para atos de criação de falsas notícias
3 – Criação de uma “Oficina de Comunicação” nas escolas

Com o presente projeto, pretende-se trabalhar a importância do exercício da cidadania junto dos alunos.

Parlamento dos Jovens

Alunos do 8.º ano apresentam propostas de combate à divulgação de notícias falsas.

Os alunos do 8.º ano têm estado a trabalhar na sua campanha eleitoral ao Parlamento dos Jovens.

Na semana passada, a equipa do projeto dinamizou uma ação de sensibilização sobre os “Perigos das fake news”, onde se debateram não só os perigos, mas também se operacionalizaram medidas de combate à divulgação de notícias falsas, constituindo-se assim, duas listas de alunos que irão a eleições no dia 25 de janeiro.

Com a colaboração da professora Ana Paulo, os alunos criaram cartazes de divulgação para apresentarem as suas medidas à comunidade escolar.